Experimente viver uma educação nova

por | 07/09/2016 | 1 Comentário
pais e filhos como e seu pai

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Quais serão os caminhos de uma nova educação? Que tipo de Humano nós queremos formar? Mergulho em livros e mais livros atrás de respostas. Procuro sociólogos, filósofos, artistas, loucos, psicólogos, criativos, engenheiros, médicos, vidas, histórias e outras tantas habilidades com ou sem suas etiquetas de importância social.

Tento identificar que caminho traz mais felicidade. Felicidade por si só já é um termo no qual eu me debruço. Felicidade é algo possível como estado contínuo? Suportaríamos uma felicidade contínua? Felicidade pressupõe harmonia? Harmonia pressupõe tornarmos todos os seres iguais?

Estou tentando encontrar caminhos pra uma educação cheia de significados, que tire as crianças de carteiras e as leve pro mundo. Que torne-o palpável, apreciável, admirável e modelável. Que lhes entregue o que é delas: a força de criar história e realidade.

Quero tirar as crianças de salas com métricas e quero propor a curiosidade como organismo pulsante pro avanço. Quero que errem e que encontrem braços que as amparem pra que continuem tentando. Quero que mordam e sejam mordidas, pra que saibam o que é o limite e a dor do outro. Quero que elas possam chorar e aprenderem a falar do que sentem pra que suas dores de alma não virem sintomas.

Quero que discutam, discordem, que sintam raiva, com respeito aprendam a administrar o que sentem e encontrar um acordo que sustente o bem coletivo. Quero que saibam o que é o coletivo: a música, o ar que respiramos, o encontro no parque, o pobre, o rico, a mesa cheia e a mesa vazia, a água, o destruído, o destrutivo…

Quero que coloquem em cheque a autoridade, pra ver se ela se sustenta em acréscimo pro coletivo ou se estilhaça em mil fragmentos narcísicos. Que não subestimem suas massas cinzentas em competições fúteis, quero que me ensinem a viver assim nesse caminho sem promessa nenhuma mas com solo fértil.

Como meu próprio laboratório eu sigo com os ensaios em mim. Até agora o caminho é cheio de prazeres inestimáveis, dores, perdas e uma sensação de consciência ampliada.

Quero que os seres saibam que estão vivos, pra que não existam sem ter experimentado viver.

 

 

Pamela Greco

Pedagoga e especialista em desenvolvimento infantil

Receba as novidades do Pais que Educam em seu email

Fique por dentro de tudo que acontece aqui no blog.


* Campo obrigatório

Uma resposta para “Experimente viver uma educação nova”

  1. Viviana 08/09/2016 at 19:01 #

    Seu texto é fantástico! Particularmente gostei desta parte: “Estou tentando encontrar caminhos pra uma educação cheia de significados, que tire as crianças de carteiras e as leve pro mundo. Que torne-o palpável, apreciável, admirável e modelável. Que lhes entregue o que é delas: a força de criar história e realidade.” Obrigada pela reflexão.

Deixe uma mensagem

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×